Localização História Estatística Política Cultura Variedade Vistas Personalidades Solidariedade Procurar Créditos Home



Varpa é um encanto de lugar !
Colônia "leta" no Brasil que fica no município de Tupã, nas proximidades do Rio do Peixe. Há muitos anos lá se instalou os loirinhos da Letônia e como souberam escolher o lugar. O local tem muitas matas preveservadas como deveria ser toda cidade. Muito arborizado e florido, ainda podemos observar casas no estilo leto.


Na foto acima, ao entardecer uma casa preservada , instalada na Fazenda Palma
Varpa significa "espiga" e teria sido um nome sugerido pelo Pastor João Inks. A explicação do nome é "uma unidade onde se fixariam outras unidades , como na espiga de milho".

Ainda que algumas construções na cidade já tenham se abrasileirado, nas ruas é normal todos os letreiros estarem com o idioma leto.

O próprio distrito já é uma atração. Lá podemos encontrar doces caseiros típicos e os famosos pães caseiros.

Encostado em Varpa você pode encontrar uma adorável opção de passeio, a Fazenda Palma, onde está preservado as primeiras construções deste povoado.


Povo religioso, batista, e que respeitam a tradição, por muitos anos a Varpa era uma sociedade fechada. Com o passar dos tempos os filhos foram saindo para estudar fora, outras culturas e raças foram se misturando a esta colônia, o que é uma característica inevitável no Brasil. Na foto acima a igreja matriz da Fazenda Palma.


Acima algumas casas dos colonos da Varpa, hoje um símbolo desta cultura que tem que ser preservada. Não podemos dizer que este povo não tinha bom gosto, não é ?


Na foto acima uma turista imaginando-se como seria viver naquela época, neste paraíso.

Agora, gostoso mesmo é a área de lazer da Fazenda Palma

Um local delicioso para passar com a família, fazer um churrasquinho. No local você pode encontrar uma lanchonete com com algumas especiarias ( exceto bebida alcoólica).

Água corrente, razinho , bem espaçoso e gente do bem. Passeio muito saudável.

O local é todo gramado e bem limpinho, e sem contar as deliciosas sombras.
Enfim , um lugar família. Para entrar é cobrado, e com muito justiça, uma pequena taxa para manutenção e preservação , que gira em torno de R$5,00 por pessoa.

Em Varpa você também pode visitar o Museu de Varpa, que infelizmente no dia visitado pelo nosso site estava fechado, mas ainda teremos o privilégio de visitá-lo posteriormente, para saber mais sobre esta cultura da Letônia.

Como chegar: Saindo de Quatá pela estrada de Quatá-Tupã, aproximadamente 20 km, depois de passar o grande Rio do Peixe , uns 2 km mais ou menos , você vai observar o trevo de Varpa. É bem fácil de encontrar.

 


contatos: Pedro Atanasov - atanasu@ig.com.br 


Contribuiram para a construçao desta página:
- fotos G.Conde
- Informações retiradas do site:
http://www.geocities.com/TheTropics/Coast/8728/principal.htm . Visite o site ao lado. Caso queiram entrar em contato com um morador, envie e-mail de silman@tup.zaz.com.br

O Dr. Jorge Cocicov, juiz de direito aposentado, residente em Ribeirão Preto, descendente de búlgaros gagaúzos, escreveu seu segundo livro histórico sobre essa etnia e outros eslavos. Há várias citações de Quatá, uma vez que lá existiram várias colônias como a Esperança e outras... também cita Varpa e Balisa, esta um antigo distrito de Martinópolis, colonizado por eslavos, hoje um simples bairro rural de Lucélia. Saiba mais