Localização História Estatística Política Cultura Variedade Vistas Personalidades Solidariedade Procurar Créditos Home

nico_microfone_e.jpg (2516 bytes)nico_pellini.gif (8156 bytes)nico_microfone_d.jpg (2522 bytes)

A voz de Quatá , nosso mais famoso crooner, ao estilo Nelson Gonçalves, Francisco Alves , Orlando Silva, o Quataense Nico Pellini encantou com sua voz afinada e aveludada muitas platéias, participando de várias orquestras na época de ouro !
Sr. Nico foi um quataense que fez história, como comerciante, político e principalmente como homem da música, levando o nome de nossa cidade positivamente para vários lugares. Aqui nossa homenagem !


Nico Pellini, talentoso,  interprentando uma canção


Enfim um foto da famosa Orquestra de Anísio Valin de 1946.

Da esquerda para direita: em pé Nico Pellini. Sentados na primeira fileira o saxofonista e clarinetista o sr. Alcides Pellini e com a cara do Michael Schumaker o sr. Anísio Valin e Natinho.
Na segunda fileira sentados, Joaquim, o músico Raimundo Jerônimo e em Pé o Faria.
Na última fileira, em pé o Gerson, na batera o lendário Dum e finalmente João Queiroz no pandeiro.

 


No  trompete a esquerda seria o Toma ? Alcides Pellini no Sax junto com sr. Anísio. Lá trás na batera o Dum e na sua frente o Raimundo Jerônimo. No microfone o sr. Nico Pellini.

Fato ou Boato ?
Contam os mais antigos que certa vez em um baile de carnaval, no salão em cima do antigo cinema ( Cine Palazzi) a orquestra do maestro sr. Anísio é que animava o ambiente. Sr. Anísio, um homem muito justo, extremamente detalhista, perfeccionista e metódico, era severo e compenetrado no que fazia. Escondido dele havia estratégicamente uma garrafa de pinga no chão que o sr. Raimundo e o Dum dividiam e davam um "tapinha" de vez enquando para alegrar o ambiente. Contudo, no último gole que o Dum deu , deixou a garrafa um pouco distante do Raimundo . Então, enquanto tocavam, Raimundo deu um sinal para o Dum fazer chegar a garrafa mais perto e  com o pé empurrar a garrafa mais próximo dele para ele poder pegar, dar seu gole , tudo escondido do sr. Anísio.

Resultado: o Dum aos poucos foi tocando sua bateria e empurrando a garrafa com o pé , até que se desequilibrou e caiu por cima da bateria e em cima do Raimundo. Foi o maior bafafá e uma cena muito engraçada.

Sr. Anísio despediu-o naquele momento. Tirou do bolso o cachê e deu para o Dum , pedindo que se retirasse imediatamente. O Dum pegou uma serpentina, passou em volta do dinheiro dando um nó e saiu pelo salão como se tivesse puxando um cachorrinho.


Na foto acima de 1943, o sr. Frederico Roncada, Nico Pellini, a famosa cantora Anita Santos e um representante do Jornal Diário de São Paulo no Concurso "A mais bela voz de São Paulo".


Professora Divanil Roncada segurando o microfone enquanto Nico Pellini dava uma palhinha.


Nico Pellini e seu violão, mais uma canção


Foto de 1975 ou 76. No palco, Cláudio Fontana em uma apresentação em Quatá interpretando "O homem de Nazaré" : ... 1973, tanto tempo faz que ele morreu, o mundo se modificou, mas ninguém jámais o esqueceu.....
Neste mesmo dia, sr. Nico Pellini participou, apresentando-se junto ao cantor.


Nico Pellini , Edmundo Pellini e uma dupla paraguaia


Nico Pellini e os músicos em excursão ao Paraná, aguardando a travessia do rio Paranapanema em um inverno dos idos anos 40.


Agradecimentos ao sr. Nico que nos forneceu as fotos, ao Luiz Pires (Burdog) que ouviu do próprio Dum a história da pinga e nos contou.