Letra: Agostinho Conde - 
Música: Autor Desconhecido

Hino a Quatá

I

Esta terra em que nascemos

Nosso amor então terá

Sempre, sempre honraremos

A cidade de Quatá

II

Sua terra é dadivosa

E produz com abastança

Sua gente é laboriosa

Trabalha nunca se cansa

Estribilho

Oh! Terra dos meus amores

É Quatá exuberante

A vida cheia de flores

Palpita sempre vibrante

III

As noites enluaradas

Sempre, sempre são formosas

São também as madrugadas,

Mais serenas bonançosas

IV

Outra terra pois assim,

Não terá tantos encantos

Só Quatá será para mim

O mais belo dos recantos


Contribuíram para construção desta página: Acqua -Marco Antônio Nicácio e David Constantino


Site de Quata - http://www.quata.com.br | contato: quata@quata.com.br