Localização História Estatística Política Cultura Variedade Vistas Personalidades Solidariedade Procurar Créditos Home

Helio Ricardo - www.quata.com.br

*   14 set 1963
+ 05 nov 2004

Hélio Ricardo de Souza, nascido em Rancharia/SP em 14 Set 1963, estudou na E.E.P.G. josé Giorgi até o 4.º ano primário. Em 1974, fim de primavera mudou-se para Quatá com seus pais e estudou na E.E.P.S.G. Gabriel Monteiro da Silva (atualmente Chiquinho) até a 8.ª Série, concluindo, algum tempo mais tarde, o 1.º Colegial. Infelizmente, por motivo particular de trabalho, deixou de estudar. Em 1976 conheceu o Padre da Paróquia de Quatá, Adolpho Emmerich. Algum tempo depois passou a estudar música e artes cênicas até que desenvolveu a peça Via Sacra ao vivo com 60 personagens, dirigindo, atuando e produzindo por 15 anos consecutivos. Próximos aos anos 80, foi atuante nas passeatas das Diretas Já no vale do Anhagabaú-S.Paulo, também nos anos de 1980 atuou em um grupo chamado "Turma da pesada" como cantor mirim.

Entretanto, em 1981 morre de acidente automobílistico o amigo Jorge Alexandre Queiróz e isso fez com que Hélio "calasse seus sonhos". Nunca mais voltou a cantar. Mas foi no circo Robatine que conheceu o valor da arte e daq cultura circense.

Com o passar dos anos retornou a vida artística escrevendo poemas, romances e peças teatrais. Foi quando conheceu João Luiz Mantovani e foi convidado para ser redator do Jornal Quatá "Quata presente".

Por volta de 1983 a 1986 fez o programa de rádio Difusora de Rancharia. Em 1997 a 1998 iniciou-se novamente como locutor, fez a "Comunitária Sertaneja" e um programa de entrevistas. No ano de 1998 recebeu o título da Eco Pesquisas " O melhor locutor do ano", graças a rádio Comunitária de Quatá e Radio Educativa.

radio_helio1.jpg (54975 bytes)

Atualmente continua a escrever suas poesias e reportagens para o Jornal Boca do Balão e é reporter da Radioativa FM , inspetor de alunos e também tem um programa na Quatá FM 104,9, "Coração Sertanejo" , programa com sucesso absoluto, audiência altíssima, que tem como objetivo levar a todos o entretenimento a cultura o amor e a fé. Continua fazendo poesias e compondo, além de exposições de poesia e música.

O ano de 2004 lhe é definido como o ano das suas grandes realizações, sua esposa se chama Márcia de Fátima Bernardes , suas filhas são: Anna Elise Bernardes Souza, Anna Caroline Bernades Souza e sua neta Anna Julia...

Seu amor pela família tem lhe dado ser o homem que é, ele brinca

"Minha netinha Anna Julia continuará a escrever o futuro... Tá no sangue de ?? a arte... 

Por enquanto tem ainda como sonho implantar em Quatá através da cultura a "Casa do Poeta" e o "Centro Cultural", para que a cultura venha ser para os outros a possibilidade de manter a arte cada vez mais viva...

"A arte me seduz, sou um artista anônimo, um homem que não para nunca, apenas dá uma pausa entre um trabalho e outro. Todos os dias faço uma poesia, é como um hábito é um momento sublime, na verdade amo a vida e com ela a arte em toda a sua expressão...

Hélio Ricardo 2003.

"Monte Alvão" a história de um povo.


Agradecimentos ao Márcio Fante e Hélio pelo envio das fotos e texto.
Esta página foi colocada online em 01 de Setembro de 2004. Dois meses depois , em 5 de Novembro de 2004, falece Hélio Ricardo em consequência de uma operação mal sucedida.