Localização História Estatística Política Cultura Variedade Vistas Personalidades Solidariedade Procurar Créditos Home

Feira de Artesanato - www.quata.com.br
A arte da nossa Gente
Artesãos mostram um pedaço da cultura quataense
 

por Gustavo Pilizari
f
otos: Gustavo Pilizari - G.Conde


Árvores, o refrescante leve vento e uma fonte. Esse era o ambiente na Praça Carlos de Campo, onde foi realizada a 2º Feira dos Artesãos de Quatá. Já não bastasse o cenário agradável, músicas selecionadas pelo D.J. Éder completaram a harmonia da exposição realizada no sábado, dia 12, e do domingo, dia 13 de novembro de 2005. 


Dos 43 artesãos que fazem parte da Associação dos Produtos Artesanais de Quatá (APAQ), somente 21 participaram da feira. Todos levaram suas mais belas artes, dentre as quais, bonecas de porcela, lã ou pano; pinturas em tecidos; bordados; sabonetes; flores de plástico; enfeites de bisqui; trabalhos em madeira, além de doces caseiros como cocadas e doces de leite.

 Os membros do Leais e da Terceira Idade também expuseram seus trabalhos. A exposição que foi muito freqüentada durante os dois dias, também contou com barracas montadas pelos membros da APAE, que venderam pasteis, da Associação Voluntária do Câncer de Quatá, que venderam espetinhos e do Centro Comunitário, que venderam doces.


Para garantir um melhor ambiente para os artesãos montarem suas barracas, a Praça Carlos de Campo foi totalmente limpada, além de ter a grama cortada. Os troncos das árvores receberam pintura com tinta branca e algumas lâmpadas que estavam com problemas foram substituídas por outras novas. 
No sábado, à noite, a Feira dos Artesãos recebeu a Banda Erva Doce, e seus integrantes: Bicarlo, Angela, Divarlei, Rael e sonorização da Trans-Dance que garantiu muita animação para todos os presentes.


A senhora Luzia da Silva, que há mais de 20 anos faz doces caseiros, e tem como especialidade preparar doces de leite e doces de abóbora, disse sorridente que gostou muito da Feira e que sempre participará, trazendo deliciosos doces dos mais variados tipos.


“Um pedaço da nossa cultura está aqui”, disse a artesã Cristina Sato que faz bonecas de porcela, além de pintar telas entre outras artes. Cristina completa: “arte é prazer”.
Márcia de Paula Jeronimo, primeira secretária da associação e também artesã que faz bolsas e quadros em relevo, disse: “deve-se incentivar sempre a arte, trazer a oportunidade para as pessoas apresentarem a todos os seus trabalhos, e acima de tudo, nunca desistir da arte”.


“Estão mais uma vez conhecendo nossos trabalhos”, lembrou como sempre sorridente Ana Cláudia Carone Ramalho, artesã e vice-presidente da Associação dos Artesãos, que faz muitos artigos, entre eles, pintura em telas, madeira e cerâmica. 


A presidente da associação dos Artesãos, Roberta de Fátima Avelino Garcia, que faz amarradinhos, bordado, tapete no tear entre outros trabalhos manuais fala sobre a iniciativa de da 2º Feira dos Artesãos: “é ótimo, maravilhoso; é fundamental mostrarmos nossa arte para a comunidade”. 

Roberta antecipa que, em dezembro, será realizada outra Feira dos Artesãos, no mesmo período que as lojas ficam abertas até à noite, como já é tradicional nessa época do ano com a proximidade do Natal. Dessa forma, todos terão a oportunidade de presentearem seus amigos e familiares com artigos feitos pelos artesãos de Quatá.


 



Agradecimentos a Gustavo Pilizari pela matéria - texto e fotos